Optar por um closet de roupas básicas é uma tendência que vem tomando força nos últimos anos, isto porque ações conscientes para um mundo melhor, de forma geral estão em alta. 

Com o mundo fashion também acontece este movimento. E isto é incrível!

Você sabe o que é slow fashion?

Slow Fashion significa ao pé da letra “moda devagar”, é o oposto do fast fashion e da moda globalizada. O slow fashion busca maior valorização da mão de obra de quem confecciona as peças.

Além de preocupação com o meio ambiente no que diz respeito a produção, descarte de resíduos e tecidos. Busca também material orgânico para que essas peças tenham maior durabilidade e assim não precisem ser substituídas rapidamente.

Este movimento está cada vez maior, pois as pessoas estão mais preocupadas com as roupas que consomem. Estão interessadas na matéria-prima que suas roupas foram confeccionadas, e se essas atingem de forma negativa o meio ambiente e também por quem foram produzidas e em quais condições de trabalho.

Como aderir um closet mais consciente

Um closet mais enxuto e com roupas básicas estão ganhando cada vez mais espaço. Uma grande tendência, ao básico, confortável, durável e versátil. Mas isto não significa ter um guarda-roupa sem graça. Então vamos às dicas para um guarda-roupa mais consciente.

Desapegue

Uma ótima maneira de começar a pensar em um guarda-roupa mais consciente é desapegando das peças que não usa mais.

Muitas vezes guardamos aquela peça por pensarmos que a moda irá voltar, que iremos engordar ou emagrecer para vestir novamente, ou esperando uma ocasião que não é da nossa rotina e nem mais do nosso estilo de vida. 

Para conseguir desapegar com mais facilidade e ter certeza que não precisa mais daquela peça, você pode fazer algumas perguntas antes de doar ou vender:

  • Essa peça me serve?
  • Há quanto tempo não uso essa peça?
  • Está em condições de uso?
  • Ela combina com as demais peças do meu guarda-roupa?

Ao doar ou vender as roupas que não usa mais, você dará a oportunidade destas roupas serem realmente úteis para novas pessoas e assim fazer as peças circularem. 

Conheça seu estilo

Ao longo da vida mudamos em diversas situações e opiniões. E isso reflete no nosso estilo de se vestir. Se pergunte qual é o seu estilo agora? 

Observar qual é o seu estilo de vida, também te ajuda a não acumular peças sem necessidade.

Por exemplo, se o seu novo estilo de vida se resume ao trabalho home-office, academia e sair de final de semana. Neste caso você precisará de muito mais roupas básicas do que sociais para trabalhar, por exemplo.

Claro que você não precisa desapegar de todas as suas peças sociais, mas faça uma boa análise e desapegue.

Arrume o armário para visualizar todas as roupas

Como disse o pensador Patrick Munzfeld: O que não é visto, não é lembrado. Com as suas roupas também funciona assim. Quem nunca esqueceu aquela peça no fundo do guarda-roupa?

Então é muito importante que você consiga organizar seu guarda-roupa de forma que visualize todas as suas roupas, assim consegue compor várias combinações sem esquecer de nenhuma peça no fundo do armário.

Invista em peças duradouras e neutras

Não importa o seu estilo, mas ter roupas básicas que combinam com tudo é uma ótima maneira de manter um guarda-roupa mais consciente. Isto porque as peças básicas e neutras facilitam a combinação com outras peças coringas, aquela terceira peça que faz a diferença no look.

É importante que compre roupas básicas de qualidade, para que estas peças que serão bem mais utilizadas na base do seu look, possam ser utilizadas e muitas vezes e continuar com cara de nova.

De roupas básicas e de qualidade a MyBasic entende. Dê uma olhada nestas opções.

Cuide com carinho das suas roupas

E por último, mas não menos importante, cuide com carinho das suas roupas. Lave-as com carinho e com produtos específicos para não agredir os fios e assim durar muito mais tempo. Isto é um carinho com você, com o meio ambiente e com toda a cadeia que a confeccionou.

Apesar do Slow Fashion parecer um tema novo, a MyBasic está engajada neste movimento desde 2012. Nós nos preocupamos com a cadeia de produção, de forma geral, com o meio ambiente e com você. É possível consumir de forma consciente e nós te ajudamos nesta jornada. Continue nos acompanhando para mais dicas como esta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *