Da maquiagem à fantasia, passando pelo lixo gerado e meio de transporte – confira dicas para curtir um carnaval sustentável – e, de quebra, a gente ainda indica um look básico e que irá te acompanhar por vários carnavais…  

Ele chegou! A gente ama e o Brasil é a cara dele: o Carnaval. Aí vale de tudo: viajar para encontrar os amigos e/ou fugir da folia, acompanhar a agenda de desfiles (ao vivo ou pela TV), bater cartão nos (muitos!) blocos espalhados país afora. Você escolhe!

Leia também: Chemise: uma peça que vai bem com tudo

A única coisa que não tem o que discutir é que carnaval sustentável e consciente não é modismo! Essa ideia veio para ficar (ainda bem!) e existem diferentes maneiras de curtir tudo o que esse feriadão lindo tem para oferecer sem agredir o meio ambiente. Olha que delícia: você linda, animada e em dia com a onda da sustentabilidade que se espalhou por todos os aspectos da nossa vida, inclusive a diversão!

Vamos às dicas?

Categoria originalidade – Repense o hábito de todos os anos comprar uma fantasia inteira novinha. É gostoso, a gente entende. Mas sabe quanto material – incluindo penas de animais e muito plástico – elas consomem para serem feitas? E no ano seguinte, começa tudo de novo… Mude esse enredo! Pense em investir em looks mais resistentes e que, além de durarem mais, também representem menos impacto – como a chita de algodão, por exemplo, toda florida e cheia de cores! Chegou o próximo Carnaval? Que tal se reunir com as amigas e recombinar os acessórios?

Maquiagem sustentável – A hora do make também está cada vez mais divertida com as opções sustentáveis – que já dá para comprar prontas. Uma delas é o pó de mica, já conhecido como “glitter natural”. Isso porque ele vem das rochas (já colorido: dourado, prateado, branco) e assim está liberadíssimo para voltar ao meio ambiente. Ele também é mais fácil de espalhar pelo corpo e já tem uma aderência natural.

Confete da mãe natureza – No carnaval sustentável existe! Só precisa de uma mãozinha nossa: junte folhas e/ou pétalas de flores secas (pegue nas ruas ou jardins, quanto mais tipos diferentes mais colorido ficará o resultado) e use um furador de papel para criar os pequenos círculos. A criançada vai adorar te ajudar nessa!

Menos lixo é um luxo – Sabia que a cada ano são recolhidos, em Salvador, uma média de 1,5 mil toneladas a mais de lixo durante o Carnaval? É nosso papel também diminuir esses números. Carnaval sem ressaca de resíduos é aquele que dá preferência para o consumo de materiais de fácil reciclagem – como latas de alumínio em vez de garrafas de vidro ou plástico, por exemplo.

Lugar de lixo é… – Assim como em qualquer época do ano, o lixo descartado incorretamente no Carnaval vai parar nos esgotos (aumentando a chance de enchentes) ou no mar. Gerou lixo (orgânico ou algo que não dê para reciclar), procure a lixeira mais próxima.

Meu copinho querido – Esse é um hábito que (tomara) deve crescer muito: andar por aí com nosso próprio copo. E que tal já começar na hora de ir para o bloquinho? Se for aquela caneca de faculdade que até já vem com um cordão, dá até para incorporar na fantasia; já os copos dobráveis ocupam bem pouco espaço na hora de voltar para casa. Olha você economizando os copos de plástico dos vendedores ambulantes e produzindo menos lixo!

Juntos e misturados – Até na hora de se locomover pelas cidades (na verdade, principalmente nessa hora) dá para fazer opções mais sustentáveis. Vá para o bloquinho ou para a avenida de transporte público. Se precisar, volte de táxi ou descole uma carona. A ideia é deixar o carro em casa. Além de contribuir para o carnaval sustentável, é mais seguro para você e para os outros.

Macacão Pantacourt Comino Preto: Qualidade e design atemporal – para estar com você por vários carnavais

Consuma com inteligência e responsabilidade – Mesmo que você não seja da fantasia e do brilho, ou mesmo nem curta ficar na cidade para a  folia, tem como marcar pontos no “quesito” sustentabilidade. Esse é um dos nossos nortes aqui na MyBasic: roupas de qualidade e design impecáveis, que duram por serem boas e atemporais – e que podem estar contigo por vários carnavais. Um bom exemplo é o Macacão Pantacourt Comino Preto. Versátil e confortável (dá para usar também na gestação), a peça é produzida em modal, fibra nobre e que segue todos os princípios de sustentabilidade: feita a partir de uma árvore e que se multiplica de forma botânica e se propaga por si só, sem irrigação ou plantação.

O Macacão Pantacourt Comino é produzido em modal, fibra nobre e feita a partir de uma árvore e que se multiplica de forma botânica e se propaga por si só, sem irrigação ou plantação.

Agora é só se preparar para a folia! Bom Carnaval!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *