A decoração dos ambientes pode se enquadrar em distintos padrões e categorias. Isso acontece por causa das diferenças entre os objetos, elementos, peças, cores, detalhes, móveis, entre outros.

Quando há uma série de repetições que simbolizam uma padronização, é preciso classificar. Neste sentido, surgem os conceitos com os quais vamos trabalhar neste artigo, como é o caso da decoração minimalista e da decoração escandinava, que sabem muito bem transmitir, com o básico e com o neutro, uma série de significados estéticos.

Como é o minimalismo na decoração?

O minimalismo surgiu na década de 60 para classificar os projetos de artistas como Robert Morris e Anne Truitt. Este estilo foi sendo aprimorado ao longo dos anos, usado amplamente nos dias de hoje em trabalhos de decoração e peças de roupa. Mas, qual é o significado do minimalismo na prática?

anne truitt minimalismo mybasic
Imagem: artforum

O minimalismo é um conceito baseado em estilos japoneses, nos quais as linhas mais sutis, limpas e movimentos suaves são valorizados. O conceito também preconiza a integração de espaços, objetos e formas geométricas, apresentando mais fluidez, simplicidade e leveza.

No minimalismo, as cores branca e preta ganham novos significados, tornam-se mais comunicativas, deixam de ser complementares e ganham mais importância em roupas, pinturas, acessórios e móveis. Além disso, no minimalismo, a ausência pode significar conforto e aconchego. Em outras palavras, menos quantidade e mais simplicidade se tornam sinônimo de muito mais estilo e bom gosto.

minimalismo
Imagem: digsdigs

Quais as principais características da decoração escandinava?

O conceito de decoração escandinava é um pouco mais antigo, tendo aparecido pela primeira vez na década de 50 com a observação da cultura de países nórdicos, como Noruega, Suécia, Finlândia e Islândia.

Na cultura destes países, é muito comum o uso de materiais naturais na composição de objetos, mobiliários, estruturas e utensílios. Por isso, o rústico e o simples aparecem com mais evidência na decoração escandinava, com destaque para traços mais simples, mas, ainda assim, nada simplórios. As cores costumam ser monocromáticas ou vinculadas às tonalidades de madeira. A integração também é percebida com frequência no estilo escandinavo, com predileção para a iluminação natural.

decoração minimalista escandinavia
imagem: liannesquickguide

Onde o minimalismo e o escandinavo se encontram?

O encontro entre os estilos minimalista e escandinavo se dá principalmente na integração de ambientes, na escolha de cores neutras, na simplicidade dos traços, na fluidez dos ambientes e na sutileza da decoração. Ambos os estilos focam bastante na decoração.

Mas é claro que existem diferenças bastante notáveis entre estes dois estilos. Os materiais usados em peças minimalistas para decoração, geralmente, limitam-se ao plástico e ao aço inox cromado. Já o estilo escandinavo tem uma tendência muito maior aos elementos da natureza, logo a madeira acaba sendo muito utilizada na hora de decorar um espaço. Mas existem outras opções além dessa, como é o caso das fibras naturais usadas para a confecção de tapetes, móveis, entre outros componentes. O escandinavo vai mais para os materiais orgânicos.

decoração orgânica escandinávia
Imagem: sherriwoodemmons

Dicas para ajudar na decoração minimalista e escandinava

Escolher pelas cores neutras é essencial para quem quer fazer uma adaptação de um espaço com estilo minimalista e escandinavo. Por isso, aposte em tons beges, brancos, cinzas e pastéis.

Como já foi dito acima, a madeira é um item típico da decoração escandinava e combina muito bem com pisos e na composição de painéis na parede. Porém, a indicação é escolher madeiras de tonalidades bastante clarinhas, pois estas passam sensação de bem-estar, organização e aconchego. Também ajudam na iluminação de espaços escuros e pequenos.

Apostar na combinação de preto e branco na mesma peça é uma ótima sugestão, tanto para tapetes quanto para sofás, paredes, estofados, entre outros. As fotografias em preto e branco também ficam lindas e combinam com o estilo. Escolher quadros grandes para serem colocados na parede também valoriza ainda mais os espaços.

As cores neutras não devem ficar restritas às paredes, mas podem aparecer em vários objetos, como cortinas, roupas de cama, roupas de banho, jogo de mesa, entre outros. É importante destacar que, neste amplo universo de opções, os crochês são texturas muito bonitas, principalmente para épocas mais frias do ano.

Os móveis devem seguir um design mais básico, com linhas retas e cores neutras. São práticos e fáceis montar, excelentes opções para quem está redecorando o ambiente.

Estilo minimalista e escandinavo para se vestir

O neutro e básico, a sutileza e a leveza também estão presentes em peças de roupas escandinavas e minimalistas. A moda clean da MyBasic proporciona um closet inteligente, além disso, muita praticidade e estilo para todas as ocasiões. Você pode criar infinitos looks mais simples ou sofisticados, para o dia a dia ou situações mais sociais. As roupas e acessórios também são atemporais, ou seja, vão bem em todas as estações. Confira outras peças na MyBasic!

blusa listrada glasgow preta mybasic

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *