Encontre o seu nude: linha Fenty Beauty, da cantora Rihanna

Estar aí há tanto tempo é prova de que a tendência virou clássico. Nas roupas, acessórios, decor e, claro, na maquiagem, o nude conquistou especialistas (jornalistas e blogueiras de moda, maquiadores, stylists) e convenceu o público – já ouviu a brincadeira de que  até o Tic Tac ficou nude?

E como tudo o que faz de um clássico um clássico, o grande gancho dessa maquiagem “cor de pele” é justamente ela ser básica. E chique numa pegada “quanto mais versátil e natural mais elegante” – estão aí o jeans, a camiseta branca e os maxis tricôs (que dominaram o inverno) para comprovar o sucesso dessa fórmula.

Quando se fala em maquiagem, optar pelo nude – ou seja, por tons que se aproximam ao da sua pele – é estar pronta para qualquer ocasião. Um make nude combina com o trabalho – uma ótima opção para quem curte pegar leve durante o dia – e com outras atividades do dia a dia (da happy hour ao almoço com as amigas) e da noite (com um trunfo: basta adicionar um batom vermelho ou delineador azul, por exemplo, e seu nude pula rapidinho para “apimentado”).

Não se prenda a muitas regras. Afinal, quem dá o tom – literalmente – da produção é cor da sua pele. Só vale ficar atenta na escolha das cores e perseguir sempre a leveza nos “traços” e quantidades. Por exemplo, busque não carregar tanto na preparação da pele – já que a ideia é a da harmonia. A mesma sutileza que dita os olhos e a boca deve se estender à base, para que o resultado final seja o mais natural possível.

Seu nude apareceu

Algumas marcas de cosméticos já entenderam que diversidade é sinônimo de beleza e lançaram linhas “nude” para diferentes tons de pele

Conseguir encontrar tons que se assemelhem ao da sua pele (para um resultado nude) é ótimo. Mas encontrar produtos especialmente pensados para “desnudar” sua beleza é apenas perfeito. E mais: possível.

Cada vez as marcas de cosméticos estão percebendo uma demanda – mais que legítima – para que os muitos tons de peles sejam contemplados e, diante disso, vem lançando linhas que incluem mais e mais “nudes”. Entre elas, a Vult, a Dailus e Risqué – para citar exemplos mais conhecidos entre fabricantes de esmaltes – estão fazendo bonito com diferentes tons de rosa, paletas do bege ao marrom, tons de chocolate, outros puxados para o amarelo e segue a lista.

MontagemVult-Dailus
Os vários “nudes” dos esmaltes das marcas Vult (à esquerda) e Dailus

Lá fora, quem está dando esse recado é a marca americana de beleza botânica (que só utiliza ingredientes naturais) Hi Wildflower – que, com sua linha de batons pensada especialmente para as peles negras – consegue recrutar mais adeptas para o nude team. São nove cores de longa-duração e textura matte, que incluem em sua composição mel, óleo de sementes e manteiga de carité para garantir a hidratação dos lábios.

MontagemHiWindFlower
Dois batons Hi Wildflower (ambos matte): um “vinho profundo” e o “ouro metálico” – diferentes possibilidades para diferentes tons de pele

E não daria para fechar um texto sobre make nude sem falar do lançamento da linha Fenty Beauty, assinada pela cantora Rihanna. O conceito cobre três momentos básicos da maquiagem: a preparação – e para isso há disponíveis 40 tons de base –; a hora de aplicar um brilho (sim, porque o nude também pode assumir uma persona mais glam) – com seis tipos de iluminador em pó, com toque seco e molhado – e por fim o retoque, com um pó translúcido com esponja e ou folhas matificantes (para a alegra das mulheres com pele oleosa).

MontgemFentyBeauty
Pó iluminador e gloss by Rihanna

MontagemImpalaRisqué
Mais diversidade nude para as unhas: lançamentos Impala (à esquerda) e Risqué

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *