• • SAC (11) 3892-4320

A espera acabou! “Como Não Perder Essa Mulher” está nos cinemas

donjon_00_mybasic

 

Veja se essa história não vai te parece familiar com relatos da vida real: Jon (Joseph Gordon-Levitt) é um cara solteiro, galã das baladas e se orgulha da vida que leva. Sua rotina? Cuidar de si mesmo, do apartamento, da família, dos amigos e acredite, até para igreja o carinha vai! Parece perfeito, mas há um detalhe que revela quem realmente ele é…

 

donjon_02_mybasic

 

Apesar de não querer relacionamentos sérios, Jon acaba mudando suas convicções após conhecer Barbara (Scarlett Johansson). Como a moça faz jogo duro, Jon acaba se rendendo a um típico namoro formal com a garota sonhadora que ama os finais felizes do cinema.

 

donjon_03_mybasic

 

Tudo ocorre às mil maravilhas até Barbara descobrir o segredinho de Jon: sua paixão por filmes pornográficos! Confusão na certa, não é mesmo?

 

A primeira vez de Joseph Gordon-Levitt por trás das câmeras (ele dirige o filme) em “Como Não Perder Essa Mulher” (Don Jon é o titulo original) traz a realidade de forma engraçada e de um jeito que você nunca viu. Assista ao trailer e confira:

  

 

O longa estreou nos cinemas no dia 6 de dezembro. Mas ainda dá tempo de conferir essa história antes de viajar. Aproveite o tempo livre das férias, compre aquele balde de pipoca e assista!

 

donjon_01_mybasic

 

FRETE GRÁTIS E TROCA FÁCIL NAS COMPRAS ACIMA DE R$ 400,00

Comédia romântica “Questão de Tempo” estreia em dezembro

questaodetempo_00_mybasic

 

Se você pudesse voltar atrás no tempo, o que você faria? Essa é a questão que permeia o roteiro do filme “Questão de Tempo”, a mais nova produção do diretor Richard Curtis. Depois de um Ano Novo entediante, Tim (Domhnall Glesson) descobre que faz parte de uma família onde os homens conseguem viajar ao passado.

 

questaodetempo_01_mybasic

 

A tradição de seus antecessores é usar esse dom fantástico para ajudar a resolver os problemas que assolam nosso mundo. Mas em vez de querer ser “herói”, Tim resolve usar seu poder para resolver sua vida amorosa e encontrar a garota dos seus sonhos (Mary, interpretada por Rachel McAdams). Será que vai ser tão fácil quanto ele imagina? Veja o trailer:

 

 

Curiosidade: Inicialmente, Zooey Deschanel era a atriz que iria interpretar a personagem Mary, mas desistiu por questões pessoais. Os fãs de Rachel McAdams não ficaram tão tristes com a notícia!

 

questaodetempo_02_mybasic

 

E quem ficou curiosa para ver as trapalhadas do ator irlândes Domhnall Glesson em busca da namorada perfeita, a estreia está prevista ainda para este ano, no dia  20 de dezembro.

 

FRETE GRÁTIS E TROCA FÁCIL NAS COMPRAS ACIMA DE R$ 400,00

Últimos dias da exposição “30 x bienal”

30xbienal_00_mybasic

 

Quem estava sentindo falta de um dos eventos de arte mais tradicionais de São Paulo, a Bienal, teve motivos de sobra para ficar feliz durante este mês! Quem ainda não viu, ainda tem alguns dias para conferir a exposição “30 x Bienal – Transformações na arte brasileira da 1ª à 30ª edição. A mostra reúne cerca de 250 obras, feitas por 111 artistas diferentes que participaram da primeira à trigésima edição. Mais uma vez o pavilhão do Ibirapuera fica recheado de história e criatividade.

 

30xbienal_01_mybasic

 

Sob a cuidadosa curadoria de Paulo Venancio Filho, o foco da exposição é mostrar por os caminhos e transformações da arte brasileira durante as últimas seis décadas. Também é possível notar como as técnicas e vanguardas influenciam os artistas contemporâneos. Grandes nomes como Lygia Clark, Tomie Ohtake, Adriana Varejão, Alfredo Volpi e Hélio Oiticica não poderiam ficar de fora.

 

30xbienal_02_mybasic

 

Logo de cara, nos deparamos com a incrível criação de Marcello Nitsche, “Bolha Amarela”, exposta em 1969. Apesar de as obras não ficarem em ordem cronológica, o terceiro andar do pavilhão ficou reservado para as peças mais delicadas e antigas, criando uma verdadeira retrospectiva da história e importância que a Bienal representa para a cidade e país.

 

30xbienal_03_mybasic

 

O Arquivo Bienal também integra a exposição. Criado em 1955 e com quase 800 metros de extensão, o dossiê guarda revistas, documentos, registros históricos e vídeos sobre as todas as edições do evento.

 

Mas como tudo o que é bom dura pouco, a mostra já está chegando ao fim! Vai deixar essa experiência única passar batida? Ainda dá tempo de conferir. Depois conte pra gente as suas impressões!

 

Serviço:

 

30 x Bienal – Transformações na arte brasileira da 1ª à 30ª edição

Pavilhão da Bienal: Parque do Ibirapuera, portão 3, SP

Data: de 21 de setembro a 08 de dezembro de 2013

Horário: terças, quintas, sábados e domingos das 9h às 19h e quartas e sextas das 9h às 22h

 

FRETE GRÁTIS E TROCA FÁCIL NAS COMPRAS ACIMA DE R$ 400,00

Exposição “CAZUZA mostra sua cara” é a primeira a homenagear o poeta

cazuza_mybasic_00

 

Mais que um simples cantor ou compositor. Com letras críticas e provocantes – que marcaram a música dos anos 80 e 90 – Cazuza foi um jovem em busca de um país melhor. Não é a toa que ele é conhecido como o poeta do rock, não é mesmo? 23 anos após sua partida, chega a São Paulo a exposição “CAZUZA mostra a sua cara”, sob curadoria de Gringo Cardia.

 

exposição cazuza

 

Além de ser a primeira exposição sobre a vida e obra de Cazuza, essa é uma oportunidade rara de encontrar uma mostra sobre um cantor no Museu da Língua Portuguesa. Dividida em 10 ambientes, a ideia é trazer uma proximidade interativa entre o público e o legado deixado por ele. Objetos pessoais, como os icônicos óculos escuros e lenço, também estão presentes.

 

cazuza_mybasic_02

 

E esse formato lúdico já está presente desde a entrada, onde fotos de visitantes da exposição se misturam a trechos de músicas do artista. Se você quiser deixar sua marca registrada também, no final da sala é possível tirar uma fotografia e escolher uma das 42 frases selecionadas para finalizar.

 

cazuza_mybasic_03

 

Caminhando mais um pouco, o público mergulha no mundo do poeta musical. Dentro de um túnel de LED, vídeos com depoimentos de familiares e amigos deixam bem claro porque Cazuza era tão especial. As mais animadas com certeza vão adorar a sala com microfone e telão para soltar a voz com clássicos como “Idelogia” e “Exagerado”.

 

cazuza_mybasic_04

 

O estilo rebelde e autêntico de Cazuza ainda vai inspirar várias gerações. E para não esquecer nenhum detalhe de toda a sua história, visitar a exposição é indispensável. Uma experiência para toda a vida!

 

Serviço:

 

Exposição CAZUZA mostra sua cara

Museu da Língua Portuguesa: Praça da Luz, centro – São Paulo, SP – (11) 3322-0080

Data: de 22 de outubro à 23 de fevereiro

Horário: terça das 10h às 22h, quarta à domingo das 10h às 18h.

 

FRETE GRÁTIS E TROCA FÁCIL NAS COMPRAS ACIMA DE R$ 400,00

Grafite paulistano é o tema do filme Cidade Cinza

cidadecinza_00

 

São Paulo sempre foi conhecida como uma cidade sem muitas cores, devido ao caos urbano e da poluição causada pela fumaça dos carros. Uma verdadeira selva de pedra! Mas existe um fator que vem mudando esse conceito ao longo do tempo: o grafite. Justamente para ressaltar essa manifestação artística pelos murros da cidade, foi criado o documentário Cidade Cinza.

 

cidadecinza_04

 

Dirigido por Marcelo Mesquita e Guilherme Valingo, o filme retrata a busca dos grafiteiros por um espaço para criar suas intervenções, seguindo os passos de nomes consagrados como OsGêmeos (Otávio e Gustavo Pandolfo), Nina Pandolfo (esposa do Otávio), Nunca, Finok, Zefix e Ise. A trilha sonora do longa conta com a participação de Criolo, que compôs a música Doum especialmente para a produção.

 

cidadecinza_01

 

O filme já foi um sucesso no festival de cinema “É Tudo Verdade” deste ano e é parte da seleção de filmes do Festival DOC NYC no próximo dia 20, em Nova York. Cidade Cinza chega oficialmente às telonas em 22 de novembro. Veja o trailer:

 

 

Além de mostrar o lado artístico dessa arte moderna, Cidade Cinza também explora o preconceito com o grafite e a associação errônea com a pichação. Em 2008, a prefeitura de São Paulo contratou uma empresa para fazer uma “higienização” das paredes da cidade, que acabou cobrindo com tinta cinza um trabalho coletivo de 700 metros quadrados desses artistas, na alça de acesso da Avenida 23 de Maio ao elevado Costa e Silva, o Minhocão.

 

cidadecinza_02

 

Acompanhe as novidades sobre o filme Cidade Cinza e os artistas na página oficial do Facebook.

 

FRETE GRÁTIS E TROCA FÁCIL NAS COMPRAS ACIMA DE R$ 400,00