As blusas básicas fazem parte da categoria de peças curingas que toda mulher deveria ter em seu closet. Clássicas e atemporais elas podem fazer parte de vários estilos.

Versáteis e essenciais

Da categoria blusas básicas, a t-shirt é essencial, tanto pelo seu conforto quanto pela versatilidade, essas duas características a classificam em item essencial.

tshirt-listrada-ravenna

Ela ganhou destaque em 2017, muitas celebridades e influencers usaram a peça e revigoraram seu uso, a T-shirt oversized apareceu bastante. Recentemente, a atriz Alice Wegmann escolheu uma T-shirt Saint Laurent combinando com uma saia Prada cheia de informação para ir ao casamento de Marina Ruy Barbosa. Não é de hoje que a tee ganha destaque, esse modelo tão clássico faz parte do closet de mulheres e homens faz tempo, confira uma breve história.

História

No século XIX, a tee era usada por trabalhadores em fábricas e fez parte do guarda-roupa básico de marinheiros e vendedores, como uniforme. Nos anos 50 a T-shirt ficou associada ao homem e ao estilo rebelde.

Quem nunca viu uma foto de Marlon Brando usando uma camiseta branca? Ou James Dean? Esse foi o efeito Hollywood das tee. Nos Estados Unidos já foi fortemente associada ao movimento dos chicanos também.

Naquela época as marcas de roupas não lançavam a variedade de modelagens, tecidos e decotes femininos de hoje, as mulheres que desejavam usar a T-shirt eram obrigadas a comprar modelos masculinos e customizar.

Foi nos anos 90 que a tee entrou no closet das mulheres com força, a atriz Brooke Shields, Cindy Crawford e mais tops daquela época adoravam. No desfile Jil Sander’s da coleção verão 2011, todas as modelos desfilaram usando t-shirts e o destaque ficava com as calças e saias.

Kate Moss em foto por Mario Testino apareceu na capa da revista Harper Baazar nos anos 90 vestindo uma tee branca com mangas cumpridas. As lojas de grandes departamentos se especializaram na T-shirt e mais modelagens de blusas básicas começaram a surgir e o termo unissex foi perdendo força.

Nos anos 50 as tee ganharam estampas e foram importantes para o movimento feminista com frases de empoderamento. Naquela época o movimento engatinhava, era preciso muita atitude para usá-las. Frases como “The Future is female” marcaram a época. Recentemente, as modelos Bella Hadid e Cara Delevigne apareceram usando a tee com o slogan famoso.

No Brasil, Constanza Pascolato é reconhecida pelo seu estilo clássico e atemporal, referência em estilo, seu dress code sempre teve a T-shirt e blusas básicas como peças chaves.

Nesse breve relato percebemos a importância das tee, agora, conheceremos um pouco sobre os tipos  e variedades deste modelo atemporal.

Blusas básicas: tipos de T-shirts

As T-shirts são peças versáteis e essenciais, como pudemos perceber e além de ter o poder de transformar looks podem fazer parte de qualquer estilo, pois combina com tudo, pode ser usada com calça, shorts e saias.

A sugestão é ter várias opções para todas as ocasiões, existem diversos tipos de modelagens, padronagens e decotes. Hoje, listaremos quatro opções essenciais para toda mulher ter no closet que diferem no decote, modelagem e padronagem.

Tipo: Clássica

A t-shirt clássica possui gola fechada, modelagem solta e de cumprimento longo. Pode ter estampas ou não, nos anos 90 elas eram usadas para transmitir mensagens e ideias. As tee estampadas com bandas é um clássico do estilo rock e por muito tempo customizada DIY.

A escolha do tecido vai influenciar bastante também, dependendo do tipo o caimento muda, assim como o efeito visual. Os decotes da modelagem clássica podem ser em V, U, off-sholder e canoa. Quanto ao tamanho, o tipo oversized dá um efeito sensual e está em alta.

tshirt-chillon

Decote: Off-Shoulder

Esse tipo de decote de um ombro só confere ao visual um ar despojado e confortável, muito utilizado no estilo boho, porém pode fazer parte de vários estilos, tudo dependerá da combinação e escolha das outras peças e acessórios.

tshirt-montalcino-off

Modelagem: Cropped

Essa modelagem é mais curta e costuma terminar antes do umbigo, pode ter mangas cumpridas ou não, ser mais justa ou larga e o decote é fechado. Pode ser usada com saias, calças e shorts.

Padronagem: Navy

Essa padronagem é um clássico e foi eternizada pela Coco Chanel. A estilista era adepta ao estilo clássico e atemporal, ícone de moda sempre priorizou o conforto, com peças chaves e qualidade dos tecidos. Alçou a tee com mangas longas e padronagem navy a outro patamar.

Deu para perceber a importância das blusas básicas, não é mesmo? Nos conte qual é a sua favorita para suas composições do dia-a-dia, para sair à noite ou para descansar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *